segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Como conservar e afiar peças de cutelaria...



Toda a peça de cutelaria requer cuidados especiais para apresentação, manutenção e conservação. A afiação adequada, além de facilitar as tarefas, prolonga a vida útil do utensílio.
Vamos nesta primeira etapa, dividir em três pontos básicos os materiais empregados na confecção dessas peças:

1) Ligas Rostfrei
2) Aço inox
3) Aço carbono

Ligas Rostfrei

São ligas com alto teor de cromo utilizadas na confecção de facas e outros materiais de corte. Apresentam alta resistência a corrosão, sendo necessários apenas lavá-las e secá-las sempre que utilizadas. Ao lavar qualquer faca polida não use palha e esfregão de aço, nem mesmo o lado abrasivo das esponjas, estes arranharão as peças.

Aço Inox

Utilizados em larga escala desde 1.904, requer cuidados especiais, embora apresente resistência a oxidação. Lembre-se, inox puro não tempera, há adição de carbono nas lâminas, o que torna necessário mantê-las limpas, secas e guardadas em locais adequadas, livres de umidade. Cuidado com as marcas dos dedos nas lâminas, estes contém sal e gordura e podem oxidar os materiais. Use bainha de couro de boa qualidade.

Aço Carbono

É o aço utilizado na produção de facas, facões e cutelos destinados a serviços pesados. Detém a preferência do homem do campo e de outros profissionais que necessitam de um produto robusto de alta resistência a impactos. Mas requerem cuidados especiais de manutenção e guarda. Neste caso nossas dicas já começam pelas bainhas que deverão ser confeccionadas com couros de boa qualidade, preferencialmente curtidos a cromo que neutralizam totalmente o sal. Essas peças deverão ser guardadas em bainhas, caixas ou estojos ou oxidarão expostas ao oxigênio e a umidade do ar.
Para peças usadas esporadicamente recomendamos, após lavadas e secas, untá-las com camada fina e uniforme de vaselina líquida, após esse procedimento deverão ser enroladas em PVC filme e colocadas nas bainhas. Convém verificar que marcas de dedos tenham sido removidas das lâminas e o PVC não tenha rompido ao colocá-las nas bainhas.
Fonte: Nautika